Boas Práticas para Importar Moldes
Tutorial
O processo de importação de moldes é muito simples, confira o manual de boas práticas para ter sucesso nas suas importações aqui na Molde.me.

Importação de Arquivos na Molde.me


Se você possui bases de modelagens em arquivos de outro software de modelagem, você pode trazer todos esses moldes e usá-los na Molde.me sem problemas. O processo de importação desses moldes é muito simples, mas antes de importar, é necessário seguir algumas boas práticas.

Formatos de arquivos aceitos na Molde.me:

AAMA, EMF, GIF, JPG, PDF, PGM, PLT, PNG OU SVG.

Tamanho de arquivo máximo permitido: 10MB

Boas Práticas para Importação de Moldes

  1. Abra o software onde a modelagem que você deseja importar se encontra;
  2. Limpe as informações de nome, texto, sentido do fio e margem de segurança que estão contidas no molde pois elas podem deixar o arquivo pesado, fazendo com que não seja possível importá-lo;
  3. Antes de exportar em EMF, desenhe um retângulo ao redor da modelagem no software de origem e anote as medidas;
  4. Escreva as dimensões de altura e largura do quadrado no nome do arquivo, elas serão utilizadas para redimensionar em tamanho real na Molde.me;
  5. Agora é só importar o seu molde e fazer as manipulações necessárias, você pode consultar a nossa Central de Ajuda e a Universidade Molde.me para aprender o passo a passo, ou pode contratar nosso serviço de importação enviando os arquivos via e-mail;
  6. A maioria dos arquivos em PLT e PDF importam em tamanho real com os moldes e gradações geradas, mas atente-se com a limpeza das informações antes da exportação;
  7. Se necessário, faça os devidos ajustes em seu molde para poder utilizá-los da melhor maneira possível.

Ficou alguma dúvida? Contate nosso Suporte através do WhatsApp.

+55 48 3380 9444
contato@molde.me
© 2020 Molde.me. Todos os direitos reservados.
Jaraguá do Sul - SC