Importação de Moldes

Importação de Moldes

      Se você possui bases de modelagens, seja em papel ou em arquivos de outro software de modelagem, você pode trazer esses moldes e usá-los na Molde.me. Siga o passo a passo para entender o processo de importação desses moldes!

IMPORTAR ARQUIVOS DE OUTROS SOFTWARES

      Se você possui bases de modelagens de outros softwares você pode usá-las dentro da Molde.me. O sistema aceita arquivos nos formatos AAMA, EMF, GIF, JPG, PDF, PGM, PLT, PNG ou SVG. Verifique no software que você costumava usar quais os formatos na qual ele faz a Exportação e escolha um desses formatos para que a Molde.me possa ler as informações corretamente. 

        Inicie clicando na ferramenta de Importar Moldes no canto superior direito em seu Nome, nessa tela você pode optar entre: “Gerar os moldes automaticamente” onde o sistema vai criar moldes e gradações. Selecione o arquivo e clique em finalizar, assim que o sistema processar ele aparecerá direto na página inicial de seu Acervo de Moldes. Os melhores formatos para fazer a Importação automática são: AAMA, PLT E PDF. 

Importando moldes com Importação Automática

       Quando um molde é importado, é necessário que se faça alguns ajustes, como: remover pontos, letras e sentido do fio que o sistema não consegue ler na importação. Com o seu molde limpo, você pode conferir e adicionar margem de costura, nome do molde e sentido do fio.

Limpando pontos e adicionando propriedades aos moldes

           Já a opção “Não gerar os moldes automaticamente” cria um arquivo  formado por criar linhas de construção, que devem ser manipuladas e transformadas em moldes, onde é possível diminuir também a quantidade de pontos, ativando a opção logo abaixo de onde carregamos o arquivo.  Assim que for carregado, aparecerá em seu acervos de moldes:

Importando moldes

‍  

          Para conferir as medidas, utilize a ferramenta Fita Métrica. Caso o seu molde não seja exportado em tamanho real temos algumas dicas caso seja necessário redimensionar seu molde, usando nossas boas práticas de importação.   

‍           Na importação onde os moldes não são gerados automaticamente, você deve transformar as linhas em moldes com a ferramenta de Gerar Moldes e limpar os pontos com a ferramenta de Marcar Pontos. fazer as gradações. 

Gerando moldes e limpando os pontos

     Depois, você deve conferir a Gradação e se necessário refazê-la, em alguns casos como arquivos EMF isso é necessário, não é possível fazer a leitura da gradação. Para solucionar, basta criar uma Grade, e utilizar a ferramenta de gradação para graduar com base nos moldes da sua tela.

Conferindo e fazendo gradação

         Para assistir um vídeo completo sobre a Importação Clique Aqui. Caso você esteja enfrentando problemas para importar seus moldes não hesite em contatar nosso Suporte iremos te ajudar da melhor maneira possível.

+55 48 3380 9444
contato@molde.me
© 2020 Molde.me. Todos os direitos reservados.
Jaraguá do Sul - SC