Modelagem de moda em larga escala: Processo de desenvolvimento de moldes
Conteúdo
A modelagem de moda é uma parte essencial da criação de peças de roupas, lingeries, uniformes entre outros. Existem várias nuances em que a modelagem é feita. A base e conhecimento se mantém constante, porém a criação de modelagem sob medida, em ateliês, confecções e grandes indústrias diferem em alguns aspectos. Continue lendo para saber mais sobre modelagem de moda em larga escala e entender o processo de desenvolvimento de moldes.
Mulher modelista com confecção no fundo

O que é modelagem de moda em larga escala? 

A modelagem em larga escala também é conhecida como modelagem industrial. Segundo a Maximus Tecidos ela atende um número maior de formas e tamanhos, e também segue o biotipo mais comum do país em que a empresa está localizada. A modelagem é desenvolvida com o objetivo de ser graduada em diversas medidas e distribuída e padronizada em todas as plantas da confecção. 

O processo de desenvolvimento de modelagem de moda em larga escala 

Veja a seguir os principais pontos do processo de de modelagem em larga escala: 

1. Modelagem de moda

A modelagem é o início do processo de desenvolvimento de roupas. Um molde é usado como base para recortar o tecido que corresponde às especificações exigidas para costurar uma peça de vestuário. Ele leva em consideração o tipo de tecido, o ajuste pretendido no usuário e quaisquer acabamentos que serão usados.

2. Digitalização de moldes de papel 

Se o seu molde for feito no papel, você pode digitalizá-lo para criar novos designs, importar/exportar tipos de arquivos, classificar tamanhos adicionais, acelerando seu processo de modelagem. A digitalização dos seus moldes é muito mais fácil na Molde.me, saiba mais aqui. 

Celular digitalizando o molde

3. Peça piloto 

Após a conclusão do molde base, é indispensável costurar o molde para verificar possíveis ajustes e se ele se encaixa com o design da peça. Idealmente, a roupa é costurada no mesmo tipo de tecido, peso, aviamentos etc. Uma vez que o molde base é aprovado, é ideal costurar seus tamanhos graduados para verificá-los antes de prosseguir para execuções de produção em grande escala.

Mulher costurando peça piloto

4. Revisões de caimento e padronização 

Depois de costurar a peça piloto, você deve avaliar como ele se encaixa com a ideia inicial. Quaisquer atualizações e ajustes que serão feitos na roupa devem ser transferidos de volta para seu molde base. Essas alterações ou atualizações ajudam a melhorar os ajustes para atender às necessidades de design especificadas. 

5. Tabela de medidas 

Uma vez que o molde base é aprovado, ele está pronto para ser graduado em todas as medidas que serão oferecidas. Nessa etapa é muito importante ter uma tabela de medidas padrão, para garantir que as suas peças sejam feitas de uma forma padronizada. 

6. Finalização da modelagem para a costura. 

Padrões de tamanho único e de tamanho graduado podem ser configurados em vários layouts para uso de acordo com a necessidade de produção. Isso pode ser feito num sistema de modelagem digital, como a Molde.me, que agiliza esse processo e permite a criação de diversos layouts de acordo com a necessidade de produção. 

7. Ficha Técnica

Ter uma ficha técnica completa e bem preenchida evita erros na hora da produção da peça. Informações como: cor da peça, estampa, tecido, desenho técnico, grade, matérias primas primárias e secundárias, sequência operacional e tipo de máquina de costura são essenciais para uma ficha técnica bem elaborada e clara.

8. Encaixe Automático e Planejador de Enfestos 

Na produção de peças em larga escala, é essencial economizar o máximo de tecido possível. Com o encaixe automático é possível ter o melhor aproveitamento do tecido, além de planejar os enfestos, mesmo com grade quebrada, agilizando o processo e economizando tempo e dinheiro. Saiba mais sobre as funcionalidades do encaixe automático aqui

Encaixe Automático

9. Relatório de corte

Junto com sua ordem de corte, a Molde.me disponibiliza um relatório com as informações sobre seu corte. O sistema calcula o peso ou a metragem de seu enfesto, entregando o valor de aproveitamento e desperdício. Saiba o preço de uma peça e o consumo linear em poucos instantes. Use essas informações para formular preços, gerir seu estoque de insumo e até para calcular quanto tecido comprar. 

Prevenir erros: o foco do processo de desenvolvimento da modelagem de moda 

Podemos notar que o processo de desenvolvimento da modelagem de moda em larga escala é muito focado em prevenir erros: fazer uma peça piloto, ficha técnica, ter um programa de modelagem e encaixe digital permitem uma entrega mais exata da modelagem. É importante ressaltar que todas essas etapas são importantes e podem ser aplicadas em outros tipos de modelagem.  

E aí, gostou deste blogpost? Conta pra gente nas nossas redes sociais! Para saber mais sobre a Molde.me, entre em contato via o nosso WhatsApp.

por
Eduarda Soares
em
23/6/2022
+55 48 3380 9444
contato@molde.me
© 2020 Molde.me. Todos os direitos reservados.
Jaraguá do Sul - SC