5 dicas para quem quer ser modelista
Conteúdo
Essas dicas simples são o diferencial de profissionais requisitados, confiáveis e de alto nível. Além disso é importante que você estude muito as técnicas e saiba utilizar um sistema de modelagem digital. Confira as 5 dicas essenciais que a Molde.me tem para quem quer ser modelista.

ENTENDA DE COSTURA

Quando fazer a modelagem de uma peça, é importante a modelista já imaginar o passo a passo, a sequência operacional da costura. Assim ela pode sugerir melhores formas de costurar e melhores acabamentos. Ela também entrega um molde com as margens, piques e bainhas corretos de acordo com a necessidade da produção.
Este conhecimento dá autonomia para a modelista e também faz com que ela converse melhor com a costura e juntas criem peças cada vez melhores.
Você já assistiu os tutoriais de modelagem Molde.me? Lá a Nataci dá diversas dicas de modelagem e também de costura. Confira no Canal Molde.me. Aprenda a fazer as suas primeiras bases para modelagem através dos nossos tutoriais.

DEFINA O TECIDO DA PEÇA ANTES DE MODELAR

O tecido é a base inicial da modelagem. É ele quem dá o caimento da peça, então você precisa conhece-lo bem para poder aplicar as técnicas de modelagem corretas para cada característica de tecido, como: elasticidade, gramatura, transparências, etc.
Na Molde.me você pode criar diversas bases para diferentes tipos de tecido, basta informar o nome do tecido para que você possa classifica-los. Você pode criar diferentes bases em poucos minutos.

ESTABELEÇA SUAS BASES

As bases são o começo de toda modelagem. Tenha sua tabela de medidas e crie as bases necessárias para cada cliente. Se o cliente possui uma tabela de medidas diferente da sua, crie novas bases para esse cliente. Modele e teste todas as bases. Com uma base correta, as interpretações sairão corretas e precisarão de poucos ajustes.
Na molde.me você pode criar suas bases e depois duplica-las quantas vezes forem necessárias para crias novas interpretações. Além disso você pode organizar seus moldes em pastas no seu Acervo de Modelagem para organizar suas coleções ou clientes.

USAR A BASE SEM MARGEM DE COSTURA

A largura da margem de costura varia de acordo com a máquina de costura que será usada, então não tem como prever qual será a largura necessária em cada caso. Portanto, mantenha as suas bases sem margem de costura, para evitar problema com as medidas das peças causadas por esses diferenças de medidas.
Com a ferramenta Margem de Costura, basta informar a medida e poucos cliques para adicionar a margem. Além disso, você pode visualizar onde já adicionou margem, adicionar medidas diferentes no mesmo molde e também exclui-la.

CONFIRA TODAS AS MEDIDAS

Sempre que finalizar um molde, seja uma base ou uma interpretação, você deve conferir todas as medidas, principalmente quando a gradação for feita. Isso garante que tudo vai se encaixar na costura. Confira as laterais das peças, ombros, as cavas com a cabeça da manga. Isso evita pequenos erros na hora de cortar e costurar, e poupa tempo e tecido.
Com a Conferência de Medidas você gera tabelas para a conferência de toda a gradação/ampliação de uma só vez, com poucos cliques. Confira as medidas da suas peças de uma maneira muito mais simples.

Você já conhece a Molde.me? Teste grátis hoje mesmo, clique aqui.

por
Tyara Nascimento
em
21/8/2019
+55 48 3380-9444
contato@molde.me
© 2020 Molde.me. Todos os direitos reservados.
Jaraguá do Sul - SC